BLOGEAGENCE

BLOG
EAGENCE

Um guia básico sobre psicologia de consumo

A psicologia de consumo estuda o comportamento do consumidor, ou seja, o que o motiva a comprar ou até mesmo a ser fã de uma marca.

Você sabe o que motiva seus clientes a escolherem seus produtos ou serviços? Não? E você sabia que existe uma área da psicologia que busca compreender exatamente isso? Pois é, entender o comportamento do consumidor é essencial para descobrir novas formas dele comprar de você e não do concorrente.

Até porque, numa época em que há cada vez mais concorrência no mercado, somente ter um bom preço e qualidade não são mais suficientes para garantir o sucesso da sua empresa. Mas o que fazer então?

É isso que você descobrirá neste artigo, portanto continue a leitura!

O que é psicologia de consumo?

A psicologia de consumo é a ciência responsável por estudar o comportamento dos consumidores. Sua função é, principalmente, identificar por que, como e quando os clientes tomam decisões de compra.

Pense em como uma pessoa comprava uma televisão há quinze anos. As opções eram, basicamente, ir à loja e confiar na explicação do vendedor. Hoje em dia não precisamos mais fazer isso, basta abrirmos o Google e digitarmos o que queremos e encontraremos um mundo cheio de informações sobre produtos e marcas.

Com o cliente tendo mais conhecimento, ele consequentemente será muito mais racional na hora de comprar. É por isso que, no marketing digital, a psicologia de consumo é responsável por fornecer gatilhos mentais que ajudam a influenciar a jornada de compra.

Como utilizar a psicologia de consumo a favor da minha empresa?

Como já comentamos, a psicologia de consumo fornece gatilhos mentais para que, no marketing digital, as marcas possam utilizá-los e trazer mais emoção para o processo de compra.

Gatilhos mentais são estímulos que provocam reações quase automáticas no nosso cérebro. Vamos, então, descobrir quais são os mais utilizados pelas empresas e como usar no seu negócio?

Escassez

Você já entrou em uma loja virtual e, ao colocar um produto no carrinho, recebeu a informação de que eram os últimos itens? Se você tem o costume de comprar online, ouso dizer que provavelmente isso aconteceu mais de uma vez.

Pense sobre como você se sentiu: você ficou com a sensação de que se não concluísse a compra logo ficaria sem o produto que tanto queria? Pois é, esse sentimento, dentro do marketing, é chamado de gatilho mental da escassez.

Você pode usar frases como: última peça, últimas unidades, ingressos esgotando, etc.

Urgência

Esse gatilho é parecido com a escassez, porém a diferença é que ele não é baseado em unidades do seu produto, mas sim em tempo. Você provavelmente também já pôde observar várias vezes esse truque sendo utilizado pelas mais diversas marcas, principalmente em comerciais de televisão.

Você pode usar termos como: só até amanhã, inscrições até tal hora, não deixe para a última hora!

Autoridade

Esse gatilho parte do princípio de que você precisa criar autoridade para a sua marca. Isso porque, quando o seu produto tem o mesmo preço e qualidade do concorrente, o que dita onde o público fechará negócio é justamente a força que cada marca tem.

Aqui não vamos sugerir nenhuma frase persuasiva, pois você pode se tornar uma autoridade na sua área de atuação construindo bons conteúdos para blogs e redes sociais, por exemplo, voltados para a jornada de compra e que mostrem que você entende muito bem do que vende.

Prova social

Esse gatilho mental está relacionado com o sentimento de pertencimento do seu cliente. Aqui, você deve sempre conferir as dúvidas, elogios ou reclamações em todas as redes sociais, incluindo o Reclame Aqui (você vai se surpreender com a quantidade de marcas que não respondem às críticas dos clientes por lá).

Um ótimo exemplo desse gatilho é o Nubank, que criou uma comunidade para ouvir ainda mais de perto a opinião dos clientes e proporcionar novidades exclusivas na plataforma.

Portanto, como você pôde perceber, a psicologia de consumo é uma aliada importante do marketing digital. Muitos especialistas estudam a fundo o comportamento do consumidor e estão atentos a todos os gatilhos que despertam emoção e a necessidade de compra.

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre o assunto, que tal contar com a ajuda de especialistas? A EAGENCE pode transformar o resultado das suas vendas!

Comentarios