BLOGEAGENCE

BLOG
EAGENCE

Quarentena, Pandemia, Covid-19 e Pós-Crise: Insights sobre o que esperar do futuro!

Com a chegada da Covid-19 no Brasil, a necessidade de implementar a quarentena para conter a disseminação da doença trouxe diversos impactos ao país.

O comportamento de consumo mudou, os hábitos se adaptaram e a economia, como era de se imaginar diante do cenário, despencou. A sensação ilusória de estarmos todo no mesmo barco, foi momentânea.

Aos poucos, de acordo com o desenrolar desses dois meses de isolamento social, percebeu-se que no máximo, estamos navegando no mesmo mar, cada um em sua própria embarcação.

Alguns em iates de luxo e outros em barquinhos de pesca, enquanto outros estão jogados ao mar, sem colete salva-vidas e pior: sem saber nadar, muito menos para onde ir.

Quem é você nesse mar? Qual foi o impacto da pandemia para seu negócio? Para que direção você está nadando? Qual é a chance de seu negócio chegar em terra firme, antes que vocês afundem de vez?

Esses são os primeiros questionamentos que você precisa se fazer, para começar a montar a estratégia que vai te ajudar a sobreviver ao mar revolto e ao Covid-19.

É inegável que para alguns setores a pandemia trouxe falência, desemprego e desilusão, no entanto, para outros, como o setor de produtos de limpeza e tecnologia, ela trouxe sim, expansão e faturamento!

Novos negócios surgiram durante a pandemia e a adaptação de antigas maneiras de fazer também. Um bom exemplo é o aumento de números de e-commerce, a intensificação da educação à distância ou de serviços de delivery.

Isto, sem falar das fábricas de roupas que mudaram sua produção focada na moda, e passaram a confeccionar máscaras, ou indústrias de bebidas alcoólicas que estão fabricando álcool em gel.

Como você tem adaptado seu negócio ao para se tornar relevante, nesse momento?

Hoje, aquele ditado popular que diz “se a vida te der um limão, faça uma limonada” deve ser o lema de vida de todos os empresários que almejam ver seus negócios sobreviverem à pandemia e talvez, saírem até mais fortalecidos dela.

Segundo a Agência Brasil, o setor de lazer foi o mais afetado até aqui, assim como as áreas de arte, cultura, esporte e recreação.

Em segundo lugar, está o segmento de alojamento e de alimentação, com recuo de 41%, reflexo da queda nas hospedagens em hotéis e do fechamento de restaurantes e bares.

O que esses setores podem fazer para se recuperarem?

Infelizmente, este é um questionamento difícil de responder, porém, sem citar fórmulas de sucesso ou passes de mágica, temos certeza que essa recuperação passará por alguns pontos, como:

  • Capacidade de adaptação;
  • Conhecimento de mercado;
  • Imersão no mundo dos clientes, que inclui, conhecer suas dores e sonhos;
  • Muita criatividade!

Um exemplo disso, é o entretenimento online que, trouxe um fôlego para a arte e cultura, e em 60 dias, se consolidou como uma solução para os artistas se manterem na ativa, além de uma oportunidade de ampliar seus públicos, tendo em vista que no universo virtual não existe limites, físicos e territoriais.

Diante do Covid-19, listamos dez insights que temos em relação à vida pós-pandemia, que podem te ajudar a refletir e talvez até te ajudar a nadar de braçada, afinal, informação também salva!

Confira!

1) O Teletrabalho é um caminho sem volta, portanto, as companhias que oferecem esse tipo de serviço, impulsionadas pelos setores como a Educação e a Medicina, devem continuar crescendo, mesmo após a crise;

 

2) As mudanças que as empresas fizeram para garantir a diminuição de gastos, seja reduzindo o número de trabalhadores, implantando novas tecnologias e adotando o home office, não devem ser retomados após a pandemia passar;

3) O setor de entretenimento como shows, cinema, teatro e outras apresentações que envolvam aglomerações, infelizmente terão uma recuperação mais lenta, especialmente se o cálculo da comunidade científica de 12 a 18 meses de cautela se confirmar, caso a vacina para a doença não seja descoberta;

4) Setores de eletrodomésticos, produtos de beleza e varejo (especialmente roupas e calçados), devem sentir uma melhora em suas vendas, especialmente quando a quarentena acabar;

5) Setores industriais podem ter uma renomada mais rápida, especialmente pelo aumento de demanda em horas trabalhadas, para compensar os meses perdidos;

6) A área imobiliária também deve ser aquecida em breve e com juros baixos após a pandemia, pode ser uma boa hora, principalmente para os consumidores do setor;

Em resumo, não é exagero dizer que o mundo não será mais o mesmo após essa pandemia. Muita coisa já mudou e muitas outras mudarão.

Negócios estão se remodelando, novos modelos estão surgindo e diversas projeções e estimativas precisaram ser revistas e ainda serão reajustadas.

Em contrapartida, dados históricos comprovam que toda vez que a humanidade passou por algo parecido, como a peste bubônica, cólera, gripe espanhola, entre outras doenças que causaram grande transtorno social, ela simplesmente renasceu!

Essas modificações, foram além da economia e transformaram costumes socioculturais, mudando os rumos de várias áreas e impactando profundamente a história da humanidade.

A diferença delas, para a Covid-19, é que hoje, temos a tecnologia e a rápida disseminação da informação a nosso favor. Imagine quantas vidas não foram salvas, graças as medidas preventivas amplamente divulgadas pela Organização Mundial da Saúde através dos Meios de Comunicação?

Sendo assim, não é o momento de paralisar, ou ficar em pânico. Vai passar, gente e o Covid-19 vai embora! E depois que passar, precisamos estar preparados para viver uma nova realidade. No momento, quem não consegue navegar, só precisa se manter respirando, o que quer dizer que boiar, por enquanto já é o suficiente.

Sendo assim, faça ajustes e siga em frente!

Como tem sido a pandemia para seu negócio?

Conte pra gente! Quem sabe não podemos te ajudar. A Eagence é uma agência de Publicidade e Marketing que tem como missão de vida ajudar nossos clientes a evoluírem. Que tal remarmos juntos? Vamos conversar!

 

Covid-19

Insights

Comentarios